Campanha de Investigação dos Estudantes GLOBE -ENSO

Porquê?: O ENSO é um importante fenómeno climatérico que está pode afectar o clima global, causando inundações e secas em diferentes pontos do mundo, assim como alterações nas estações e actividades humanas.

Objectivo: O nosso objectivo é o de colocar estudantes a efectuar medições locais no campo durante o evento de ENSO actual e comparar estes dados com os recolhidos no passado, quando o ENSO não estava activo.

Objectivos específicos:

  • Dar aos estudantes a tarefa de recolher dados no campo utilizando pelo menos dois dos seis protocolos GLOBE sugeridos para esta actividade.
  • Conseguir que estudantes comparem os dados que tenham recolhido com os dados recolhidos quando o ENSO não estava activo de forma a reconhecer como o El Niño teve impacto sobre o seu ambiente.
  • Promover a utilização de ferramentas de comparação de dados pelos estudantes para a produção de relatórios de investigação.
  • Apoyar la participación en la campanha a través de seminarios en línea, blogs, y una galería que presente los proyectos de los estudiantes. Apoiar a participação de professores e estudantes na campanha através de seminários online, blogs e uma galeria que represente os projectos dos estudantes. Os participantes falantes de português podem também contar com apoio linguístico por um falante nativo, membro da equipa da campanha.
  • Avaliar a campanha de forma constante durante a duração da mesma.
  • Promover projectos colaborativos entre duas ou mais escolas.
  • Motivar os estudantes a inferir como o ENSO afecta o bem-estar humano e o ciclo de vida de outras espécies, através de estórias pessoais ou contos.
  • Estimular entre os estudantes, a proposta de medidas para enfrentar as alterações climáticas.

Como Participar?

  • Devem ser recolhidas medições e enviados para a página (online) do Programa GLOBE de, pelo menos, 2 dos 6 protocolos. 
  • Convidam-se os estudantes participantes na Campanha a criar um projecto de investigação e participar numa feira de ciências local ou participar na nossa feira de ciências virtual que terá por base a análise dos dados recolhidos durante a Campanha.
  • Escrever contos ou partilhar estórias relacionadas com ENSO de forma a promover a criatividade dos estudantes e reforçar a aprendizagem dos conhecimentos obtidos sobre o fenómeno ENSO.

Todos os relatórios que produza no decurso da campanha poderão ser visualizados na “Galeria de Análise de Dados e Investigação dos Estudantes” do website de GLOBE.

Protocolos GLOBE Seleccionados para a Campanha: 

Aquí pode encontrar os guiase m Português e Espanhol.

Todos os dados serão submetidos ao portal da Base de Dados do GLOBE   como é usual, mas a página da campanha oferece apoio adicional para a análise da informação e colaboração para este fim. Como está a utilizar os protocolos com os seus alunos, por favor partilhe as suas ideias ou problemas que encontre na página “Dicas de Implementação”.

Frequência:

Realizar observações em pelo menos 21 dias de cada estação do ano (inverno, primavera, verão, outono / seca, chuvas). As estações do ano sao definidas na nossa Campanha de acordó com a deinição meteorológica que consta da tabela abaixo (Tabela 1) Se quer saber mais sobre as diferenças entre estações astronómicas e meteorológicas pode conultar uma explicação do Centro de Informação Ambiental da NOAA, outra da Agência Meteorológica do Reino Unido e um divertido vídeo da PBS Digital Studios com o título “Porque não têm sentido as estações”.

Tabela 1. As estações do ano nos Hemisférios Norte e Sul.

Datas

Hemisfério Norte

Hemisfério Sul

1 de Março – 31 de Maio

Primavera

Outono

Chuvas/Seca

1 de Junho – 31 de Agosto

Verão

Inverno

Seca

1 de Setembro – 30 de Novembro

Outono

Primavera

Seca/Chuvas

1 de Dezembro – 28/29 de Fevereiro

Inverno

Verão

Chuvas

 

Sequência de trabalho para a Campanha de Campo do ENSO:

Enquanto os alunos recolhem os dados para a Campanha de Campo, pense como esses dados poderiam ser interpretados pelos estudantes e expandir a sua utilização. De feiras de ciência e projectos de investigação ou a produção de contos e estórias (ver mais pormenores abaixo), os seus alunos podem alcançar ótimas formas de utilizar os dados para relatar como o El Niño está a afectar a sua comunidade e o Globo.

De seguida mostra-se a sequência de trabalho para a campanha de campo ENSO. Este é o processo passo a passo desenhado pela equipa da Campanha e colegas educadores. Desejamos que possa participar com os seus alunos para chegarmos a ideias surpreendentes sobre o uso dos dados que está a recolher!

Análise de dados:

As médias mensais das temperaturas diárias e valores de precipitação podem ser calculadas para cada e correlacionadas com fotografias que ilustrem mudanças fenológicas e biométricas. Estas análises locais podem ser comparadas com outras recolhidas por diferentes escolas GLOBE e examinadas num contexto espacial mais alargado através de observações de satélite.

Os protocolos de precipitação e temperatura do ar podem ser aqueles para os quais será mais fácil encontrar médias de longo prazo (do GLOBE ou de outras fontes) e comparar com as suas observações diárias, por exemplo, procurando os dados recolhidos no aeroporto mais próximo da sua região. Pode ainda encontrar ferramentas adicionais na página de Análise de Dados, e encorajamo-lo a partilhar outros processos úteis que desenvolva no quadro de discussão online  “Dicas de Implementação

Recomendamos a recolha de dados de pelo menos 2 dos 6 protocolos, para permitir comparar diferentes fontes de dados e identificar como estas medições estão a ser afectadas pelo fenómeno ENSO. Com esta análise, os alunos podem alargar as suas fontes de informação para desenvolver investigações científicas, projectos de investigação e projectos para feiras de ciência.

Para além de submeter os seus dados à base de dados GLOBE, encorajamo-lo a partilhar outras observações, análise de dados e relatórios interessantes das investigações desenvolvidas pelos alunos, no quadro de discussão sobre “Análise de Dados e Galeria de Investigações dos alunos”.

Mais sobre os Contos e Estórias El Niño (ENSO):

ENSO é um caracter japonês que significa círculo e simboliza a iluminação absoluta, a força e elegância, assim como a criatividade.

ENSO é também o acrónimo para El Niño Southern Oscillation (Oscilação Sul-El Niño), definido como o conjunto de alterações periódicas na temperatura superficial do mar na região equatorial do Oceano Pacífico com efeitos sobre as temperaturas do oceano normais e induzindo alterações  nos padrões meteorológicos no mundo.

O ENSO também tem um impacto sobre os seres vivos, afectando o comportamento animal, padrões de migração, crescimento das plantas e as actividades económicas humanas. Por exemplo, os peixes têm de migrar para encontrar águas mais frias na costa ao largo do Perú, mais plantas surgem no deserto, alguns alimentos sobem de custo e os pescadores têm de navegar por períodos de tempo maiores para encontrar peixe, etc.

Queremos convidá-lo a investigar o que acontece na sua cidade, país ou região quando o ENSO está activo e use toda a sua criatividade para escrever um pequeno conto ou estória imaginando, por exemplo, o que acontece quando um grupo de peixes precisa de viajar para encontrar águas frias. E as aves, o que farão? E as pessoas?

A estória deve ser original e relacionada com ENSO, escrita em letra Arial 12 num máximo de 3 páginas. Pode também adicionar imagens ou desenhos à sua estória. Por favor participe e deixe-nos publicar sua estória no nosso livro “Tales for ENSO”.

Pode discutir as ideias com seus alunos e colocar as suas estórias ou tópicos relacionados com feiras de ciência AQUI!

Apoio aos Professores:

Webinars:Nuestros seminarios en línea serán ofrecidos por científicos de la NASA para ayudarlos a explicar la ciencia detrás de El Niño- La Niña, saber qué pasa con el tiempo y compartir experiencias de los profesores usando los protocolos.

Entrevistas y Blog de Científicos: Queremos ofrecerle la oportunidad de interactuar con los científicos que trabajan con las tecnologías y desarrollan conocimientos en base a la información que se recoge en el campo.

Assessor de língua portuguesa: Oferecemos a oportunidade de esclarecer as suas dúvidas com um membro da equipa da Campanha falante nativo de Português. Ele poderá ajudar professores e alunos com questões práticas da participação na campanha e clarificar aspectos dos protocolos e outros documentos relevantes que não se encontrem ainda traduzidos para Português.